O portal Célio Garcia é uma apresentação da trajetória, da vida intelectual e do acervo de livros, publicações e textos não publicados do psicanalista.

Por muitos anos, Célio manteve intenso relacionamento intelectual com Alain Badiou

Filósofo fala de política, eleições e psicanálise em entrevista concedida a Célio e a Maria Helena Ratton em 1994

Célio teve um forte relacionamento intelectual com Alain Badiou, considerado um dos maiores filósofos da atualidade. Nos anos 1980, ele encontrou em Badiou os desdobramentos contemporâneos das ideias de Jacques Lacan, dando origem a uma série de trabalhos e produção de conteúdo para aulas e palestras na UFMG e em diversos outros fóruns.

Nos anos 1990, ele conviveu de forma mais próxima com o filósofo, tendo contribuído para a vinda dele ao Brasil para uma série de seminários em 1996, cujo conteúdo está publicado no livro “Conferências de Alain Badiou no Brasil”, da editora Autêntica, do qual Célio é o organizador.

No acervo de Célio, há uma cópia de longa entrevista que ele e a psicanalista Maria Helena B. Ratton fizeram com Badiou, com data de julho de 1994 e impressa em papel timbrado da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais.

A entrevista foi editada, e as respostas foram agrupadas nos seguintes tópicos:

  • “Lógica da vida” contra lógica da política
  • Abstencionismo
  • Eleição equivale à adaptação à ordem?
  • A representatividade
  • Um sujeito infinito e sua carência?
  • Sequência, tempo histórico, leis da história
  • Sociedade de classes
  • Autonomismo da base? Equipes autônomas?
  • “Cerco ao Estado” sem participação em eleições está fadado ao fracasso?
  • Ideias generosas de emancipação em confronto desigual com forças no mundo burguês
  • Uma palavra sobre psicanálise

Confira o texto:

Entrevista-com-Badiou

Para visualizar o documento maior, clique aqui.
Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.