O portal Célio Garcia é uma apresentação da trajetória, da vida intelectual e do acervo de livros, publicações e textos não publicados do psicanalista.

Portal é lançado em live com cerca de 100 espectadores

Lançamento teve grande repercussão entre psicanalistas, psicólogos, familiares e estudantes; evento contou com quatro palestras

A noite do dia 14 de dezembro de 2021 foi marcada pelo lançamento do portal, que durou quase uma hora e meia, com mensagem de abertura de Gabriela, filha de Célio Garcia, apresentação do conteúdo e palestras de quatro convidadas. Mais de 200 pessoas passaram pela live durante o evento.

Como idealizadora e gestora do portal, Gabriela ressaltou: “Com muita alegria, dou boas-vindas aos alunos, colegas de trabalho do Célio e aos amigos da nossa família. Em fevereiro deste ano, eu idealizei a criação de um portal para apresentar e compartilhar com o público o vasto trabalho intelectual do Célio nos últimos 60 anos”.

Pelo chat, dezenas de participantes se manifestaram, ressaltando a satisfação e a emoção por estarem presentes em um evento tão especial em homenagem ao psicanalista. Até a publicação deste texto, já foram mais de 530 visualizações da live, que está disponível no canal do portal no YouTube.

O jornalista João Carlos Firpe Penna afirmou que o portal, do qual é o editor, tem pelo menos dois desafios: servir como memorial das ideias e da produção intelectual de Célio e, ao mesmo tempo, apresentar-se como um espaço contemporâneo para novas reflexões e iniciativas que venham a acontecer e que possam ser relacionadas a tudo o que Célio escreveu e realizou.

João Carlos destacou: “Queremos ter a bordo navegantes de todas as gerações – dos contemporâneos do Célio aos ex-alunos; dos discípulos aos mais jovens estudantes, que agora se lançam por essas águas do conhecimento”.

As convidadas, nas palestras, falaram sobre a trajetória de muitos anos de cada uma delas com o Célio, ainda que em momentos distintos, frisando a importância do trabalho dele ao longo de tantas décadas, como professor e psicanalista. E ressaltaram as contribuições revolucionárias dele – sempre à frente de seu tempo –, em várias épocas e em diferentes áreas do conhecimento, por meio de estudos profundos e eruditos.

As palestrantes convidadas foram: Regina Helena Campos, professora de Psicologia Educacional da UFMG e presidente do Centro de Documentação e Pesquisa Helena Antipoff; Sonia Fleury, doutora em Ciência Política e pesquisadora do Centro de Estudos Estratégicos da Fundação Oswaldo Cruz; Samyra Assad, psicanalista, membro da Escola Brasileira de Psicanálise e da Associação Mundial de Psicanálise, que atua em consultório particular e ocupa a direção da Editora d’ISS; e Débora Matoso Costa, psicanalista, professora e pesquisadora das gambiarras.

Assista à íntegra do evento:

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.